26/09/2017 - Manutenção agendada para amanhã no webshop do site oficial. Os serviços estarão indisponíveis entre 05:00 e 07:00 (BRT).
.
26/09/2017 - Personagens de contas com status free poderão ser criados em Macabra.
.
24/09/2017 - O fansite Rookie.com.pl! completa 4 anos de existência! Parabéns a toda equipe!

26 de setembro de 2017

BattlEye full em 92 % dos Mundos!


Desde abril, os novos mundos criados (Honbra, Noctera, Vita, Relembra e Duna) contam com a proteção ativa do sistema BattlEye. Em maio. a proteção ativa também foi implementada em mundos mais antigos: Garnera, Rowana e Serdebra. Já, em junho, a proteção chegou até Belobra, Ferobra, Guardia, Iona, Honera e Pythera.

Em agosto, Antica, Eldera, Fortera e Xylana também passaram a contar com a proteção ativa. Além, claro, de Helera, Macabra e Tortura, novos mundos com a configuração Retro Hardcore PvP que já contam com a proteção ativa desde o primeiro dia de abertura.

E, setembro começou quente, na primeira semana foi a configuração foi anunciada para mais 14 mundos: Bellona, Candia, Celesta, Fidera, Harmonia, Luminera, Magera, Menera, Nerana, Nika, Olympa, Premia, Secura e Tavara. No dia 12 a proteção alcançou também:
Amera, Astera, Beneva, Calmera, Efidia, Pacera, Refugia, Umera, Unitera, Veludera, Verlana, Yanara, Zanera e Zeluna.
Mas não para por ai, o dia  começou com o anúncio de que com o server save de hoje, mais 19 mundos também entraram na relação. Ou seja, não será possível jogar neste mundo sem a proteção ter sido ativada. São eles:
  • Chrona
  • Danera
  • Hydera
  • Irmada
  • Julera
  • Justera
  • Kenora
  • Kronera
  • Laudera
  • Morta
  • Mortera
  • Neptera 
  • Osera
  • Quilia
  • Shivera
  • Silvera
  • Solera
  • Thera
  • Xantera

Ao todo já são 68 mundos contanto com a configuração de proteção. Ficam desprotegidos apenas: os preview worlds (Aurora e Aurera), "free-to-move" worlds (Calva e Calvera) e Hardcore PvP worlds (Inferna e Dolera) que já estão com fusão especial anunciada.

Lembramos que com esta ativação, caso o BattlEye detecte algum programa ilegal ou alguma foram de manipulação do client original o jogador será impedido de jogar e até mesmo logar nesses mundos. E, nesses mundos, não mais será possível a utilização do TibiaFlash Client.





21 de setembro de 2017

O Tibia para os brasileiros

No artigo deste mês falaremos um pouco sobre como os brasileiros voltaram a se encontrar no Tibia.

Desde a popularização do jogo em nosso país, conseguimos ser maioria entre os jogadores, alcançamos níveis muito altos e uma das mais recentes conquistas foram os servidores na América do Sul.

Entre estatísticas e alguns comentários sobre nossa posição dentro do Tibia, traremos considerações valiosas para os tibianos, especialmente os que estão pensando em retornar ao jogo.


Boa leitura!


Estávamos em 2009 quando a Cipsoft publicou um artigo trazendo algumas estatísticas do jogo, tais como: gêneros dos jogadores, idade, level, vocações, cidades mais populosas e o país de quem está por trás do personagem. Este último tópico foi baseado em uma pesquisa feita naquele mesmo ano chamada de "De onde você é?", o resultado nos mostrou que os brasileiros eram maioria há quase dez anos: 26,6% dos jogadores que participaram da pesquisa. Também foi pontuado que entre mais de um milhão de trezentas mil contas registradas, quase meio milhão (485.778 mil, para sermos mais exatos) eram com endereços aqui em nosso país.

Este período foi um dos mais movimentados para o Tibia, quando os mundos ficavam lotados e as antigas filas para logar eram vistas com frequência. Nesta época de ouro, nós já éramos a maioria.

Em 2015, outro artigo estatístico foi publicado no site oficial, utilizando inclusive os dados de 2009 para um comparativo. O resultado não foi muito diferente: continuamos como maioria dentro do jogo, mesmo após seis anos. Se tratando de números: enquanto em 2009 tínhamos um pouco menos de 200 mil registros a mais que o segundo país mais presente (Polônia), em 2015 atingimos mais que o dobro de jogadores em comparação com os poloneses (quase 250 mil registros a mais!).

Por último, no ano seguinte um novo artigo foi publicado pela empresa com recentes números. O resultado? Continuamos no topo! Houve uma sensível queda no número de registros em nosso país, afinal, não podemos descartar as deleções e a fama de "maus jogadores" que assombra os brasileiros - mas falaremos disto mais adiante. O que importa assegurar é que em 2016 somamos mais de 550 mil contas registradas em terras tupiniquins.

20 de setembro de 2017

Dev Note: Treinamento de Melee Skills!

E, nessa nova fase de mais contato com a comunidade, os desenvolvedores não param. Ao logo da manhã de hoje foi abriu-se discussão para mais uma Dev Note.

É a quinta iniciativa neste formato esse semestre,  no qual a empresa apresenta a sua comunidade ideias de futuros projetos e implementações e abre espaço para a discussão orientada. Dessa vez, o foco da proposta foi o treino de skills.

Confira a notícia, a proposta feita e dê sua opinião!





Uma das características dos personagens tibianos capaz de interferir diretamente na sua jogabilidade e aptidão para combates são skills, habilidades especificas que o personagem pode infinitamente aprimorar. Embora o tipo de skill e a forma como progride variem conforme a vocação escolhida um aspecto é semelhante para todos: tem que treinar. 

Ao longo desses 20 anos, tanto os jogadores quanto a própria CipSoft desenvolveram formas para a realização desse treino seja com o personagem online ou mesmo offline. Nesse sentido, medidas polêmicas também foram tomadas ( especialmente com o update 9.6): retirada dos Target Dummies - justificada por abusos e a implementação do treinamento offline para personagens premium.

E, uma nova proposta em relação ao treinamento de skills está sendo discutida. Segundo a notícia, pensa-se em uma possibilidade para permitir aos jogadores treinarem seus personagens enquanto estiverem online aprimorando a longo prazo seus skills de melee (sword, axe, club, distance). O Objetivo dessa nova proposta seria a implementação de uma forma de treino para estes skills semelhante as possibilidades já existentes para o treino de magic level.

As informações necessárias para se entender a proposta bem como as perguntas para nortear as discussões, encontram-se no Auditorium, e as contribuições podem ser enviadas até o server save de 25 de setembro (05:00- BRT).
 



Proposta para Treinamento de Melee Skills

Considerando o seguinte cenário:

  • Um Knight, um Paladin, um Druid e um Sorcer começam a jogar em um mundo de jogos ao mesmo tempo. Durante uma semana, cada vocação investirá a mesma quantidade de tempo para treinar uma habilidade específica.
  • Ambos os magos manteriam a forma atual de aprimorar seus skills: conjurando feitiços.
  • Um novo encantamento permitirá ao Knight e ao Paladino aprimorarem seus respectivos melee skills. ao ser conjurado.
  • Da mesma forma que o treinamento de magic level requer o consumo de mana, o treinamento de melee skills consumirá health points (HP) dentro das seguintes condições:


  • Para utilizar esse encantamento, o personagem deverá ter no mínimo 610 HP.
  • Não haverá risco de morte durante  esta modalidade de treinamento.
  • O treinamento será interrompido caso o HP do personagem atinja valores inferiores a 30% do HP total.
  • O treinamento será retomado apenas quando o personagem recuperar os níveis de HP: utilizando poções/ magias de cura ou permanecendo em áreas de regeneração.


    • Ao final dessa semana, cada vocação teria o mesmo nível de skills: por exemplo: magic level 40 para os magos, distance 40 para o Paladino e 40 de sword para o Knight.
    • A velocidade de progressão de skills nessa nova proposta seria a mesma do treinamento off-line.
    • Todas as vocações poderão ser beneficiar desta nova modalidade, respeitando-se as respectivas características e especificidades de progressão de skills de cada uma.
    • Apenas personagens premium account poderão utilizar esta nova habilidade em zonas de proteção. O que também afetará o treinamento de magic level. Dessa forma eles terão vantagens em resting areas e na utilização dos bônus do sistema de recompensa.

      
     Perguntas para o debate e discussão:

    •  O que você acha do conceito geral para o treinamento de melee skills? Do que você gosta e do que você não gosta?
    • Em uma escala de 1 (insatisfeito) a 5 (extremamente satisfeito), como você avalia o conjunto de ideias e design apresentado?
    • Você tem alguma sugestão ou consideração a fazer sobre o treinamento de melee skills? Poderia compartilhar conosco?