10 de novembro de 2014

Fumaça debaixo d'água

Para:
THE CHALLENGER
- Quests são para herois -
Assunto: Carta do leitor
Thais

Prezado THE CHALLENGER,

Em sua última edição especial você nos contou sobre Brandon, um pescador apaixonado. Por um longo tempo toda a população de Rathleton, incluindo a esposa de Brandon, Roswitha, acreditava que ele foi vítima do mar revolto. Há pouco tempo, porém, ele foi avistado na costa noroeste de Oramond. Você também disse que vai nos contar mais sobre ele em sua próxima edição especial e é por isso que estamos escrevendo esta carta.

Como fãs e admiradores do CHALLENGER, meu irmão e eu decidimos começar uma pesquisa por conta própria.
Saímos de Rathleton indo para o Norte, passando o Olde Coaching Inn, o Old Coach House e o Ramora Spring Shrine. Nós lutamos pelo caminho passando por devourers, glooth blobs, rot elementals, blood beasts e vários tipos de quara scouts. Surpreendentemente, descobrimos que Brandon é mais rápido do que pensávamos.
Como você relatou, ele estava para o noroeste e cercado por ousados penhascos. Ele está preso em uma ilha muito, muito pequena entre as falésias e tivemos que nadar para alcançá-lo. Alguma coisa muito ruim deve ter acontecido com ele. Ele não se parece mais com um ser humano, mas com um morto-vivo...

Ele não falava muito. Talvez uma consequência de tudo o que aconteceu com ele. De qualquer forma, ele nos pediu ajuda. Ele perdeu seu anel de casamento no fundo do oceano e o quer de  volta. Infelizmente ele está com muito medo de procurar por conta própria.
"Você quer ir lá para baixo? Vá em frente. Eu certamente não!" disse ele.
A título de curiosidade, nós dissemos a ele que ficaríamos felizes em ajudá-lo a obter seu anel de volta:
"Obrigado. Eu peço muito, eu sei. Vocês vão encontrar criaturas horríveis que nunca viram a luz do dia, e eles virão para cima de vocês. Mas eu espero que vocês voltarão vivos..."
Isso soou como a coisa certa para nós. Uma nova área para explorar, novos inimigos para lutar, um verdadeiro desafio para nós. Nós nadamos a um turbilhão nas proximidades, que nos levou para o fundo do oceano.

O que nós encontramos lá foi surpreendente. Não foi a primeira vez que viajamos de modo subaquático, mas eu juro, nunca vi um reino tão grande e impressionante.
Infelizmente nós não estávamos preparados para esse tipo de excursão. A área é muito grande e nós não tínhamos provisões suficientes ou suprimentos de combate com a gente. Além disso, sendo honesto e sincero, as "criaturas horríveis", como Brandon chamou, quase nos matou de susto. Nós só vimos de longe, mas o que vimos nos fez correr...
Meu irmão, que é um artista talentoso, desenhou um esboço que está anexado a esta carta, para que você possa ter uma ideia desses monstros. Nós dois temos certeza que há um monte de segredos escondidos lá. Também ouvidos alguns barulhos que soavam como um vulcão em erupção. Sim, um vulcão submarino! Bem, como disse, o nosso coração literalmente mergulhou, e nosso único pensamento era escapar rapidamente. Eu acho que não é necessário dizer que também não conseguimos trazer de volta o anel de casamento de Brandon...

Estamos profundamente envergonhados por sermos tão covardes e fugirmos, mas nem toda gente nasce para ser um herói. Nós dois esperamos ler mais sobre este lugar em sua próxima edição especial.

Os (não tão bravos) gêmeos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário