28 de setembro de 2015

Os sete pecados tibianos - Você está pronto para assumir seus pecados no Tibia?

Não precisa ser seguidor de alguma doutrina ou religião, todos nós já ouvimos falar dos sete pecados capitais - ou pelo menos escutamos algo sobre algum deles! Com o passar dos anos, "novos" pecados entraram para a lista, mas falaremos dos primeiros, os mais conhecidos: gula, ganância, luxúria, ira, inveja, preguiça e soberba.

Num breve e grosseiro resumo, os sete pecados não são uma invenção recente e surgiram com o objetivo de criar certos paradigmas para o ser humano, especialmente para combater alguns vícios presentes em todos nós.

No artigo deste mês, nós trouxemos os sete primeiros pecados capitais para a realidade tibiana, mostraremos alguns NPCs que poderiam muito bem representar alguns pecados, além disso, vamos considerar possíveis situações onde cada um dos pecados poderia ser visualizado. E que tal listarmos alguns pecados exclusivos dos tibianos?

Prepare sua lista e não fique assustado caso você consiga se ver em várias das situações! Se isso acontecer, existem algumas Igrejas espalhadas pelo continente...

- A gula

Comida é o ponto fraco de muitos e isso é um problema quando se transforma em vício. Recentemente tratamos desse assunto em um artigo (nós não conseguimos esconder que realmente gostamos de comer!)... São muitas e deliciosas as opções de comidas tibianas e estamos cercados por elas sempre! Sobre isso, um famoso nome poderia representar muito bem esse pecado: Willie!

Este ocupado vendedor (e comprador) de comidas, vive na longínqua Rookgaard e está sempre procurando por bananas, inclusive ele entrega uma recompensa para quem ajudá-lo com a fruta... Bananas são raras na cidade em que Willie vive, mas sua paixão por tortas o deixa egoísta... No fim das contas ele quer todas as bananas para ele! E o que falar dos peixes? Willie não gosta de comê-los mas, ainda assim, paga algumas moedas em troca de Salmão... Willie é um guloso, sempre quer mais!

Irresistíveis arbustos recheados de blueberries!
Mas não só ele... Que atire a primeira small stone aquele que nunca comeu 10 ovos seguidos... Ou que resistiu aos arbustos de blueberries durante uma viagem entre cidades, não é? E o que falar das irresistíveis dragon hams espalhadas nas cavernas? Quem nunca correu para comer uma meat jogada no chão? Já passou horas pescando para garantir o estoque de peixes? Já negou comida para alguém que te pediu só para não dividir? Pois é... Os tibianos parecem que sempre estão com fome!

Em termos estatísticos, podemos considerar os Druidas e Sorceres como maiores pecadores, nesse sentido! Normalmente esses tibianos passam horas parados na porta dos depots ou das suas casas, tranquilos e sempre acompanhados de uma grande quantidade de comida! Mas não vamos excluir os Paladinos e Knights. Esses, quando estão em exaustivas seções de treinos, especialmente, também estocam uma boa quantidade de comida em suas backpacks! Convenhamos, é sempre curioso quando alguém ao nosso lado demonstra um pouco da sua gula ao comer desesperadamente!

- A ganância

Dinheiro, itens, fortuna! Tudo em grandes quantidades, tudo em prol do enriquecimento e do poder! Os Piratas poderiam representar muito bem esse pecado capital, afinal, eles são famosos por provocarem invasões em várias partes do continente, sempre com o intuito de saquear e, dessa forma, conseguir mais dinheiro e bens.

Nesse contexto, instantaneamente a Treasure Island se faz presente... Um local famoso pelos seus tesouros, fazendo com que vários gananciosos e incansáveis caçadores estabeleçam morada no local. Achou exagerado?

Quantas vezes você desistiu de ir em alguma caverna por saber que o passeio não lhe renderia bastante lucro? Com quantos jogadores você discutiu por um excelente local para fazer dinheiro? E suas incessantes pesquisas de métodos para enriquecer rápido e de modo fácil? Encontrou um corpo no caminho recheado de itens e não devolveu ao seu dono? Não pode ver uma moeda no chão que corre para pegá-la? Pense nas suas ações, caro colega!

Todos nós traçamos alguns objetivos e, de forma geral, precisamos de dinheiro para realizarmos boa parte desses objetivos. Dessa forma, é natural colocarmos nossa ganância em jogo, exercendo mesmo sem querer esse pecado em prol de algo que nos realizará. É certo que o dinheiro move boa parte das nossas conquistas, mas idolatrá-lo não deveria ser regra!

- A luxúria

Aruda, em Thais.
Se você é homem, provavelmente já ouviu falar na Aruda... Ah, a jovem ruiva, linda e esperta Aruda! Sempre está vagando pelo centro de Thais e disposta a enrolar os inocentes que se deixam levar pela luxúria e são dominados pela paixão.

Outro nome conhecido é a vaidosa Marina. Seu desejo pela beleza a faz querer ter sempre alguém aos seus pés. Raymond Striker é uma vítima da luxúria da linda Sereia, que tem prazer em mantê-lo apaixonado!

Não podemos esquecer dos que são facilmente ludibriados, justamente pela luxúria ser tão presente! Muitos jogadores são enrolados por outros, que fingem ser mulheres e acabam arrancando verdadeiras fortunas ao explorar o desejo dos que pecam. Que atire a primeira small stone, não é mesmo?

- A Ira

"Você não tem dinheiro suficiente."
Todos devem conhecer a história do Ferumbras, o mago banido. Perfeito representante deste pecado, o feiticeiro aterroriza o continente tibiano de tempos em tempos, devastando almas com muita raiva. Seu pecado é motivado por uma série de motivos, desde o seu banimento até a morte de sua filha... Ainda assim, suas justificativas não anulam a existência da ira.

Em doses menores, todos nós já tivemos um momento de fúria tibiana, não é? Uma morte evitável normalmente causa muita raiva... Mas ser morto por outro jogador sem nenhum motivo aparente... Ah, isso é motivo grande para despertar a ira! Nossa vontade de causar a mesma sensação em quem nos irritou é imensa e isso demora para passar!

A ira também surge quando alguém nos desrespeita, ignorando nossa presença em alguma caverna... Ou quando alguém atrapalha alguma missão de quests. Mas poucos momentos conseguem gerar tanto ódio nos tibianos, como aquele em que chegamos nos barcos sem nenhum dinheiro na backpack...

- A inveja

"Humilde" residência do jogador Lunatic van Dark, em Yalahar.
Em Outlaw Camp há um curioso comerciante que, com toda certeza, representa este pecado como nenhum outro. H.L. é seu nome e nem tente conversar com ele se você for mulher, ele costuma ser grosseiro... Para tomar conhecimento da sua inveja, basta analisarmos os itens que ele compra. Este NPC é famoso por oferecer valores extremamente baixos por vários itens, inclusive itens raríssimos, como o Blessed Shield. Diferente da maioria dos outros comerciantes, que costumam pagar valores aceitáveis, H.L. prefere desmerecê-los... Não é a toa que ele é tão pouco visitado.

Este pecado é muito presente nas terras tibianas, para falar a verdade. Ou você nunca quis um belo ferumbra's hat para chamar de seu? Nunca passeou por Yalahar ou Edron admirando as ricas residências e seus itens, e menosprezou a capacidade dos donos dessas riquezas? Nunca quis estar no lugar daquele jogador mais forte ou mais rico? E não vale falar de inveja branca, hein?

- A preguiça

Que tal uns dias de folga? Esse é o desejo da Demon Mother, que costuma entregar seu bebê para alguns corajosos aventureiros tomarem conta, enquanto ela descansa por um bom período. Talvez a merecida folga seja motivada pela preguiça de cuidar de um bebê demônio, ao menos é justificada! Ao contrário do bêbado e negligente Buddel, que nunca tem a preocupação em estar bem para nos guiar em sua balsa, simplesmente nos leva para onde quer! Esse é muito preguiçoso!

Quem nunca encontrou um jogador parado no barco, mendigando moedas para viajar... Não, ele não está pedindo moedas por ser pobre, mas sim porque ele esqueceu de pegar dinheiro para viajar e está com preguiça de ir até o banco! E o que falar de quem se arriscou num forte repleto de Djinns, terminou a missão para negociar com eles, mas prefere perder um bom dinheiro vendendo os itens no market, do que dar algumas viagens até o deserto para vendê-los? Vai dizer que você nunca comprou brown mushroom no market? Prefere pagar 1gp a mais em cada brown mushroom do que de deslocar até Edron e comprar quantos precisa! É, a preguiça se manifesta de vários jeitos!

- A soberba

Quem costuma andar por Venore provavelmente já encontrou o NPC Hugo. Seu orgulho é tão grande que ele sequer assume seu verdadeiro nome, prefere atender por Hugo, que ele considera mais interessante. Ele, inclusive, se intitula um extraordinário designer de roupas, um grande fashionista... Hugo é um grande representante da vaidade excessiva!

Mas não só ele, muitos tibianos investem verdadeiras fortunas em outfits extravagantes, apenas para ostentar suas riquezas ou alimentar sua vaidade. Outros preferem exercer esse pecado com arrogância, abusando de seu poder para conseguir itens ou tomar alguma caverna previamente ocupada. Em excesso, assim como os demais pecados, a soberba é prejudicial e acaba isolando quem costuma praticá-la com frequência.

Conseguiu se encontrar em algum dos pecados acima? São extremos demais para você? Continue acompanhando, os próximos pecados são exclusivos dos tibianos e, com certeza, você se encaixará em algum desses exemplos. Observe as frases e características listadas com atenção:


  •  O pecado do power abuse: costuma se valer de alguma característica superior ao outro.

"Sai da cave que eu cheguei!"
"Se atacar meu monstro eu vou te matar!"
"Me dê sua armadura, senão você está hunted!"
"Nesse servidor você não joga mais!"


  • O pecado do poder, "high level": se acha melhor que os demais jogadores por ter um level alto.

"Só falo com quem tem mais de dois dígitos no level!"
"Antes de falar algo, pegue metade do meu level!"
"Você não sabe o que é morrer e perder 5kk de experiência, noob!"
"Dinheiro não é problema pra mim!"


  • O pecado da sabedoria: acredita que é o guru do Tibia, que só ele conhece o jogo e que só a sua opinião é válida.

"A porta do level 999? Aquilo não existe!"
"Sword of Fury em Rookgaard existe apenas para enganar os iniciantes!"
"Eu jogo Tibia desde que você começou a andar!"
"A melhor versão era a Beta! Não existiam noobs como você..."


  •  O pecado dos pedintes: não pode ver outro jogador ao lado, é motivo suficiente para pedir.

"Oi, fui hackeado, me dá um set?"
"Me ajuda com potions pra caçar, por favor!"
"Me dá uma BoH? Hoje é o meu aniversário!"


  • O pecado da dependência: odeia caçar sozinho e sempre está procurando time para ir hunt.

"Procuro time para hunt, 4 vocações!"
"Algum Knight disponível?"
"Procuro blocker, pago o gasto e o loot é seu!"
"Não sei caçar nada sozinho!"


  • O pecado da descoberta: conheceu o jogo recentemente e costuma perguntar muita coisa pra todo mundo!

"Onde fica o banco de Yalahar?"
"Tem um player chamado Hunter me atacando! Socorro!"
"Alguém me ajuda? Cai num buraco e não tenho corda!"

Se identificou com algum? Ficou mais fácil de encontrar seus pecados?
Compartilhe conosco os seus pecados e você será perdoado!





Gostou do nosso artigo? Comente em nosso fórum ou na nossa página no facebook, queremos a sua opinião!

Confira também nossos outros artigos!


Nenhum comentário:

Postar um comentário