1 de junho de 2017

[Artigo Oficial] Como Thais recebeu seu nome?


No início de maio os CMs receberam a informação de que Thais recebera seu nome não por homenagem a um descendente de Banor, mas devido a uma espécie de caracóis marinhos. Intrigados, eles pediram ajuda a comunidade e lançaram um concurso literário.

A longo do mês, os jogadores enviaram mais de 300 histórias das quais 15 foram selecionadas para uma enquete pública e, as 3 melhores, por voto popular, fariam parte do artigo oficial deste mês.

Confira a seguir as vencedoras e uma informação exclusiva dada pelos CMs!




O Conto de Panthaleon:

DE ONDE ESTAS COISAS ESTÃO VINDO ?! - desesperou-se um dos soldados.- Não importa! O Portal das Almas acaba de abrir e estamos em menor número! Resistam até que mais heróis cheguem para nos ajudar. - incentivou Kaltwurst, o encarregado do que, rapidamente, estava se tornando o maior assentamento humano já conhecido.Ma...mas... senhor, se os Orcs continuarem nos empurrando para o oeste, ficaremos encurralados na baía. E me.. me... desculpe senhor, mas segundo os relatórios, nossos barcos foram devorados pelos pequenos caramujos marinhos que os primeiros humanos chamavam de "Thaises" - disse o soldado, temendo por seu relatório tardio.

Hein, Thaises? Eles são agressivos com os humanos? - perguntou Kaltwurst.Aparentemente não, senhor. Ao que parece, destroem apenas madeira mas ... mas ... eu temo que eles também consigam devorar metal - disse o soldado, hesitante.Espere, madeira e meta ... ATENÇÃO TODOS!  JOGUEM FORA DE SUAS ARMAS, ARMADURAS E ENTREM NA BAÍA OESTE! AGORA! SEM PERGUNTAS, SIGAM MEU COMANDO! - gritou Kaltwurst.Diante daquele cena, os orcs, claramente, ficaram confusos, mas, armados até os dentes, continuara a perseguir os humanos nus para dentro da água, eles seriam presas fáceis. E, foi nesse momento, que o exército Orc sucumbiu, esmagado pelo visco de milhões de Thaises.Este lugar não é dos humanos, é deles.  A cidade dos Thaises! Thais! - murmurou Kaltwurst, aliviado.




O Conto de Yoorick's:

A Ajuda Viscosa

Após alguns reparos no assentamento,Banor sabia que havia chegado a hora de fazer um juramento:Os Orcs não mais saqueariam a cidade,"Eu, Banor ... irei esmagá-los!"Então ele se ajoelhou e gritou aos céus:"Por favor, Deuses Tibianos, concedam-me uma bênção final antes da minha morte!"E, um brilhante raio de luz saiu das nuvens,E, atingiu o rio ao invés do solo.Ele correu para a água,Esperando encontrar alguma arma lendária e letal.Mas, não havia arma alguma ali,No entanto, ele notou algo sob os destroços de um iate.Um enorme caramujo estava ferido, quase morto Banor levou-o para o galpão mais próximo.Deu-lhe comida mas ainda estava triste,"Aquilo não pararia os Orcs, eles estavam muito furiosos".E, foi quando o caramujos ouviu os lamentos de seu salvador,Em retribuição ao favor, ele começou a enviar sinais,Assim, milhões de caramujos começaram a cercar a futura cidade,Banor não entendia como o caracol era tão espirituoso.Orcs  não foram capazes de passar pelo visco produzido pelos caracóis. Era muito escorregadio, eles não conseguiam prosseguir.Banor ficou muito agradecido, ele não imaginava que os caracóis seriam tão eficazes.Assim, ele nomeou o assentamento em sua homenagem: Thais.




Conto de Arkimago

Uma Cidade Apropriada

Finalmente, o rei Tibianus contou à nação que, há muito tempo, no início de suas aventuras, em uma terra a oeste de lá, um misterioso oráculo lhe dissera: "Você deve seguir seu destino, buscar pelos caracóis predatórios."Muito tempo se passou mas o rei nunca se esqueceu da profecia do oráculo. 

Em um certo dia, o rei adormeceu na praia. E, em seus sonhos, só podia ouvir as palavras: "Thaissss, thaissss", era como o som das ondas do mar ao quebrarem na areia da praia.

Ao acordar, ele,  instintivamente, pegou uma das conchas de caracóis marinhos mortos que estavam próximas a sua cabeça, a aproximou do ouvido e, novamente, pode ouvir o som do oceano.


Naquele momento, a profecia finalmente veio à sua mente: "Da mesma forma que as antenas dos caramujos percebem tudo a sua volta, torres devem ser construídas para antecipar o movimento dos inimigos. Da mesma forma o sol dá vida aos caramujos marinhos, a luz do sol deve nos dar esperança. Assim como a carapaça os protege, uma forte muralha deve ser erguida para a segurança da nação."


E, foi assim que nasceu Thais: inicialmente pela onomatopeia do som que se pode ouvir em sua carapaça e depois, por suas características.

#VIDALONGAATHAIS
 

Mas, para encerrar o mês retrô, os CMs presentearam toda a comunidade com a revelação de como realmente o nome de Thais foi definido:

Naquela época, no início do universo tibiano, um deus chamado Durin pesquisava na internet um nome adequado para uma cidade cidade que havia sido criada neste mundo virtual. Foi quando ele se viu diante de uma imagem de um caracol chamado Thais. Ele gostou muito da imagem e considerou que era um bom nome para a nova cidade, e assim foi feito. A decisão estava tomada, e, desde então, Thais é conhecida por este nome.

Certamente, a historia de Durin não é tão espetacular quanto as criativas explicações dadas criadas pelos jogadores. Mas, pensando nisso, a decisão de Durin não contradiz as teorias. Sendo um deus, ele poderia ter influenciado a história para que ocorresse da mesma forma como a proposta pelos jogadores, apenas para manter sua vontade de dar o nome de Thais para a primeira cidade.




 

Gostou das histórias? Chegou a participar do concurso?

 







  

Nenhum comentário:

Postar um comentário