9 de julho de 2017

Resumo do Test Server SU2017: 5º e 6º dias!

Mais um resumão com o que nossa equipe andou avaliando na sexta-feira e no sábado em Testa e Testera acompanhando as novidades que virão com o Summer Update 2017!

Dada as nossa disponibilidade real life  e alguns imprevistos com computador e internet, não foi possível concluir nossa busca pelos cultos nos dois dias anteriores. Então, nosso objetivo foi conhecer melhor os outros quatro cultos secretos (teaseres #1 e #2).

Confira!

Mais imagens e vídeos na página do Summer Update 2017 (aqui

Resumos:

- #1 - 06/07/2017: Primeiros dias: Efeitos visuais, acesso a Feyrist e analise de summons
- #2 - 07/07/2017: 3º e 4º dias: Cultos Secretos Tibianos
- #3 - 09/07/2017: 5º e 6º dias: Recompensas e Mais Cultos
- #4 - 10/07/2017: 7º dia: Novidade no Museu de Fansite itens e antigas armas encantadas
- #5 - 11/07/2017: 8º e 9º dias: Mudanças, Correções e Armas Gold Token
- #6 - 13/07/2017: 10º dia: Os Bosses
- #7 - 15/07/2017: 11º e 12º dias: Alterações e Last Boss
- #8 -  17/07/2017: Últimos dias: Feyrist!

Daily Rewards


 
Mas, os dias não começam sem pegar as recompensas e ativar os bônus não é mesmo?

Conforme já havíamos verificado nos dias anteriores, a recompensa da sexta-feira (o quinto dia) foi mais um kit de itens mágicos, dessa vez com 20 unidades. E, o bônus pela sequência foi de +100% de HP regeneration que se somou aos anteriores, nesse caso, duplicando a taxa de regeneração da HP/tempo quando o char estiver em Resting Areas.

Já no sábado (sexto dia), resgatamos dois itens temporários:

Gold Converter 

Dados da Store em 08/07/2017
  • Útil para, emergencialmente, aumentar a capacidade de carga do personagem.
  • Converte 100 gps em 1 platinum ou 100 platinum em 1 cristal coin.
  • Cargas: 100 conversões (o comprado na Store permite 500)
  • Funcionamento: Clicar no item e "usar com" (use with) a pilha de 100 unidades da moeda selecionada.

Temple Teleport

Dados da Store em 08/07/2017

  • Útil para, emergencialmente, sair de um local de caça.
  • Observando as condições de restrição, permite o teleport instantâneo do personagem para o templo de sua cidade natal.
  • Cargas: 01 teleport
  • Funcionamento: só clicar no ícone e usar


Ambos os itens, instantaneamente, são colocados no Store Inbox, ou seja, não podem ser vendidos e nem transferidos para outros personagens. Duram sete dias e o tempo começa a correr a partir de sua retirada.




Quanto ao bônus pela frequência, ele foi de +100% de Mana regeneration que se somou aos anteriores, nesse caso, duplicando a taxa de regeneração da mana/tempo quando o char estiver em Resting Areas.

Observa-se então que, a partir do 5º dia consecutivo de bônus a HP do personagem irá regenerar mais rápido e, a partir do 6º dia consecutivo de bônus, tanto HP quanto a Mana regeneram mais rapidamente quando o personagem, devidamente alimentado, estiver em uma Resting Area.


Como a finalidade é testar, propositalmente deixamos de pegar a recompensa em um dos personagens.

Note que aparece um aviso informando que a sequência de bônus foi quebrada mas ainda há bônus ativo. Ou seja em Resting Areas, mesmo sem ter pego a referida recompensa, esse personagem ainda continuará regenerando HP se estiver devidamente alimentado.




Contudo, ao resgatar a próxima recompensa, o indicador da frequência de bônus reseta, volta a marcar o status 1, no qual o personagem não tem qualquer bonificação. Ou seja, este personagem resgatou a recompensa devida a este dia mas perdeu o bônus de regeneração de HP.





The Cults of Tibia Quest

The Misguided / Misguided

Retomando nossa busca pelos cultos secretos, saímos de Thais rumo ao leste, estrada para Venore. Nossa intenção: Outlaw Camp!

A antiga cabana ao sul do NPC Rottin Wood, próxima a uma ponte, que abriga uma caverna de slimes, reduto de treino de muitos, por anos, agora abriga também um dos cultos secretos tibianos.



Dica: Caso tenha acesso aos portais da Forgotten Knowledge Quest , utilize o teleport verde (The Desecrated Glade) como atalho e desça alguns sqm para o sul para encontrar a entrada da cabana.


Ao descer a escada notamos que a água do pequeno lago agora se agitava em um pequeno redemoinho.  Respiramos fundo, fechamos os olhos e mergulhamos. Instantes depois, estávamos em outra caverna, ou seria outra parte da mesma?

Ainda não sabíamos, estamos confusas, mas havia alguém ali muito mais confuso que nós, o  NPC Noozer. Mal sabia seu nome, ou o que estava fazendo ali, ao menos, ele nos permitiu passar, se é que a permissão de alguém fora de si vale alguma coisa... tentamos mais informações em um diário que estava próximo a ele e ficou nítido para nós que progressivamente algo daquele lugar estava afetando-o. Ele tinha ido até aquele local em busca do conhecimento ensinado por um misterioso eremita.



Bem, com ele não conseguiríamos mais nenhuma informação, tivemos que arriscar a sorte e a cabeça em um labirinto de 3 andares de corredores estreitos que se comunicavam entre si em determinados pontos, becos sem saída e portas trancadas.

Percorrer aquele local foi um pouco complicado por todo o lado havia muitos elfos. Bem, tinham forma de elfos, mas estava tão ou mais confusos que Noozer, parecia que algo havia tomado posse de suas vontades, desejos e instintos. Eram eles:

  • Misguided Bully (combate de perto, ocasionalmente atacam de longe)
  • Misguided Thief (combate de perto, ocasionalmente atacam de longe)

Pobres almas transtornadas, vinham até nós sedentos e raivosos, se aglomerando a nossa volta e muitas vezes impedindo nossa progressão. Tentávamos nos livrar deles sem violência mas era em vão. Eles realmente atrapalhavam muito, eram resistentes e possuíam conhecimento mágico suficiente para se curar com certa frequência.

Então o confronto era inevitável e foi em um desses embates que um deles deixou cair um estranho objeto: Rubbish Amulet. Não parecia ter valor algum, mas, no meio de todo aquele tumulto não teríamos como avaliar corretamente. Instintivamente, o colocamos no pescoço e foi quando algo aconteceu, ele queimava a pele como se estivesse sugando nossa energia vital de uma forma insaciável. Foi quando, subitamente, ele parou e começou a emitir uma estranha luz.




O que aconteceu em seguida foi indescritível, subjugados pelo poder daquele amuleto, não só os Misguided mostravam sua verdadeira face como todo o local onde estávamos se transformava.

Na quele momento, estávamos diante de Misguided Shadow e, ao chão, o Paralysed Bully do elfo ao qual ele havia possuído.




Ficamos um tempo nisso, exorcizando os elfos. A cada alma liberada, o amuleto descarregava sendo necessário recarregá-lo e, estranhamente, até caia no chão ou desaparecia. Seguimos assim, matando uns e exorcizando até outros até que nos depararmos com uma parede de energia.




Nem todas conseguimos passar. Mas as que prosseguiram, se viram diante do boss The Sinister Hermit. 




Como em outras quests com dinâmica semelhante mesmo os personagens em party, tanto a contagem de mortes para as cargas, como a contagem de exorcismos é feita individualmente.

Ainda não conseguirmos confirmar se há um número exato de Misguided que precisam serem mortos para o amuleto carregar (aparentemente 10). Contudo se em cerca de 5 minutos não for possível carregar o item ele cairá do inventário.

E, a cada queda, o amuleto perde as cargas conquistadas, algumas vezes também percebemos que o item sumiu ao cair. Então, sugerimos que caso tenha dificuldade para matar as criaturas que tenha mais de um Rubbish Amulet com o personagem para poupar tempo de dropá-los pois não é um loot tão comum.

Verificamos que as etapas de carga e exorcismo puderam ser realizadas em qualquer um dos andares do local. Destaque para as janelas do Quest Tracker, mais uma das novidades que serão implementadas com o update.



The Barkless / Barkless

Como era bom sair daquele subsolo apertado e cheio de elfos possuídos. Falando em elfos, que tal recarregar as energias investigando Ab'dendriel?
Alguém se lembra disso?

Observando que a tendência até agora foi te der os locais de cultos em antigos locais de caça/treino que, atualmente poucos jogadores conhecem/utilizam não foi difícil achar a entrada para um túnel novo ao norte da caverna de Skeleton, Rotworms, Slimes e Gouls. Lembramos que esta caverna pode ser acessada tanto pelos Trolls quanto pela superfície.

Uma vez no túnel notamos que ele termina em um beco sem saída mas com sinais claros de que havia algo ali. Era hora de colocar a picareta em ação! Encontramos assim, o acesso a outro túnel e no final dele o NPC Tigo, uma espécie de recrutador.

Ele explicou em linhas gerais sobre o culto, que conseguem a purificação da alma por meio de penitência e desapego seguindo o exemplo de seu líder espiritual. E, a única forma de descobrir mais sobre o culto e seu líder seria se tornando um penitente. Assim, para prosseguir, tivemos que passar pelo ritual de iniciação.




Nesse ritual seria necessário passar por 3 estágios. 2 provações: Tar (Alcatrão/piche/ fogo), Sulphur (Enxofre/ ácido/ terra) e depois a purificação pelo Ice (Gelo). Ao superar o Tar, conseguiríamos nos superar a Misfortune (Avareza). Ao vencer a penitencia do Sulphur abandonamos a Vanity (vaidade). E assim, estaríamos preparadas para o desafio final, purificar nossa alma nos submetendo a uma temperatura tão fria que chega ao zero absoluto e assim abrir mão da própria vida do personagem como ocorreu com a filha de Tigo.

Preparados?



Topamos prosseguir, passamos pela porta e estávamos agora em um conjunto de corredores repletos de Barkless Devotee e, posteriormente, Barkless Fanatic . Elfos iniciados naquele culto e que a todo custo tentavam impedir nosso avanço, combatiam de perto, mas ocasionalmente, algum mais distante também nos atingia com ataque mágico. Pretendemos retornar posteriormente para avaliarmos melhor o comportamento deles.

Basicamente, deveríamos seguir pelos ambientes, superando as provações e conseguindo acesso as partes ainda bloqueadas.


As provações


Tar Trial

Indo para a direita, nos deparamos com uma área em chamas, os poços de piche! Naquele local o calor aumentava a cada instante o que adicionou aos personagens o efeito burning.
A medida que permanecermos lá notamos que o personagem começou a sofrer com os efeitos do lugar. Mas precisávamos sofrer pacientemente, era esse o teste, a penitência a pagar para conseguir entrar no culto. Foi quando sentimos nosso sangue correndo tão quente quanto o alcatrão ao redor, precisávamos agir rápido!  Mas,  fazer o que?
 

Foi quando vimos uma poça de piche em um local de adoração. Bem, instintivamente passamos por ela e tivemos a impressão de que estávamos no caminho certo. Todo aquele calor não mais nos atingia! Havíamos recebido o estigma!

Então corremos para um outro ponto de adoração relacionado ao Tar que encontramos anteriormente e concluímos a provação!

 Sulphur Trial
Primeira provação concluída, era hora de procurar pela segunda!

Dessa, vez, a esquerda do ponto onde iniciamos a aventura, encontramos uma área repleta de poços de enxofre. Assim como aconteceu na área do Tar, nossos personagens passaram a sofrer o efeito burning tão logo sentiram o cheiro do enxofre, era o ar ácido nos corroendo gradativamente.

Depois de passarmos pela provação anterior, foi fácil saber o que fazer ali. Esperamos o efeito do local se intensificar e nos corroer. E, tão logo nossos corpos estavam sucumbindo ao ácido, bem próximo ao limite de nossas forças, sabíamos que era chegada a hora de correr entre os dois pontos.
 


Em si, as provações não foram difíceis, maior "problema" foi o grande número de criaturas que se aglomeram em torno de nossos personagens complicando um pouco na hora de correr pelos corredores para chegar aos segundos pontos antes que os efeitos do tar/ sulphur passassem.

Então, se  não estiverem com um grupo e garantindo o respawn o mais limpo possível, sugerimos o uso de runas de campo para trapar os Barkless e facilitar percorrer o caminho de uma forma mais ágil.

Nas primeiras tentativas não conseguimos concluir  a provação, e descobrimos que deve-se recomeçar todo o procedimento. E, também, deve-se estar atento para o momento de ir ao primeiro tile especial de cada local de provação para receber o estigma.



Antes de concluirmos uma provação, assim que se saíamos da respectiva área, o efeito nocivo acabava. E, após, concluirmos uma provação, os efeitos nocivos daquele local especifico não mais atingiam nossos personagens.



Aparentemente, a ordem que se realiza as provações não importava. Assim que conseguimos concluir ambas, o Quest Log atualizou. E, uma vez marcadas pelos dois estigmas, foi possível passar por dois locais os quais antes não tínhamos acesso.



 Barreiras transpostas, estávamos prontas para a próxima fase do teste de inicialização: a Purificação!


A Purificação

Ice Purification
Andamos mais um pouco e chegamos a uma área totalmente congelada. Sentíamos o vento frio emanando do local e nossos personagens passaram a sofrer freezing.


Sabíamos o que aquilo significava, mais um local no qual deveríamos permanecer até nossas últimas forças. Sacrificar-nos para conseguir alguma provação. Contudo naquele local não havia um altar secundário tais quais os vistos nos outros ambientes. Encontramos apenas uma fenda no gelo, uma espécie de piscina acessível por um deck de madeira.

Permanecemos ali, um tempo, a cada instante, a temperatura do corpo abaixava mais, até o ponto em que não conseguíamos mais nos mover. Era hora de mergulhar na água gelada e prepararmos nosso corpo para a purificação.


Molhadas e deixando pegadas por todos os lados não sabíamos o que esperar. Foi quanto as palavras de Tigo fizeram sentido, não bastava abrir mão do luxo e da vaidade, precisávamos abrir mão até mesmo da nossa existência para purificarmos nossa alma! Precisávamos dar nossa vida ao gelo!


Mas, calmaaaaa!!!, tirando o susto e o desconforto de termos que retornar de nossa cidade natal para prosseguirmos na quest, não perdemos nada. Esta morte não estava sujeita as penalidades habituais do Tibia.

Da mesma forma que as áreas anteriormente visitadas, ao sairmos da região congelada o efeito nocivo passava. E, se não aguardássemos o tempo certo a preparação se perdia e tínhamos que repetir.




Notamos, contudo, que após um cento tempo sob o efeito do local, o personagem começava a recuperar sua temperatura e a camada de gelo sobre a pele derretia era o sinal de que havíamos falhado na preparação e precisaríamos recomeçar a sofrer os efeitos do frio para prosseguir.


Atenção: mesmo sem ter cumprido corretamente as etapas da purificação o personagem morrerá ao tentar passar a barreira de energia. Morte esta que não estará sujeita as penalidades de morte e notamos que o quest log também atualiza e é possível dar prosseguimento as missões. Mas, chegamos em um determinado ponto em que não foi possível passar por uma das portas e tivemos que retornar e fazer a purificação corretamente.

Tendo completado todas as etapas não é mais possível passar pela barreira




A Estranha Relíquia

Havíamos sobrevivido as provações e passado pela purificação sem maiores problemas. Agora fazíamos parte dos Barkless e estávamos ansiosas para finalmente termos a permissão para conhecer seu líder. Contudo, descobrimos que uma poderosa relíquia selava o acesso, e que precisávamos coletar energia de alguns símbolos do culto para cortar o efeito da relíquia.


Assim, saímos novamente pelos corredores em busca das marcas e símbolos. Para nossas personagens absorverem o máximo possível de energia. E acabamos encontrando também outras salas e recompensas interessantes.



Ao encontrarmos todas as marcas, estávamos completamente repletas de energia.


 


Estranhamos termos que juntar tamanha energia sobrenatural nos próprios corpos das personagens. Não deveria haver algum item? Energia coletada. Hora de voltarmos a cabeça de bode  relíquia para vermos o que ocorria.

 
Relíquia neutralizada, hora de conhecer o boss Leyden, "the Penitent"

 
 

Humans / Zathroth Remnants

Cansadas de elfos, decidimos ir a Carlin. Fomos informadas que algumas pessoas haviam se reunido no subsolo, eram os remanescentes de um culto a Zarthrot, um dos deuses anciãos. Na verdade a metade maléfica de uma única entidade, voltado a destruição, maldade e corrupção.


Bem, como um culto desse conseguiu passar despercebido em uma cidade originalmente criada por druidas e amazonas, cujo poder maior é o feminino e inclusive condena bebida alcoólica, não conseguimos descobrir... mas... enfim.. fomos lá.

Seguindo o mesmo raciocínio, "cultos em locais esquecidos" não foi difícil notar uma alteração no mapa do subsolo do cemitério. Lembro que acessar a sala pode ser feita de duas formas, localizar a chave (Fanfare Quest)  ou peregrinando pelos esgotos. Caso escolha a segunda opção é bom não estar sozinho pois será necessário uma segunda pessoa para abrir a passagem secreta.




Notamos a alteração no mapa e meio que por tentativa e erro descobrimos o mecanismo para abrí-la.


O pequeno corredor nos levou a um portal de energia sinistra, sabíamos apenas uma coisa: deveríamos descobrir e parar quem estivesse por trás disso antes que seja tarde. E no quest log, um contador para coletarmos almas vaporizadas de dois tipos: Decaying (decadente) e Withering (murchando).

Entendeu alguma coisa? Bem, nem nós...o jeito era passar pelo portal e descobrir o que nos aguardava... informações totalmente vagas.

Era respirar fundo, preparar o espírito pra qualquer coisa e passar no portal. Foi o que fizemos e ai:



Bem, como era matar ou morrer, bora matar... foi quando ainda sem entender como, no meio da confusão almas começaram a ser coletadas. Foi preciso esperar as coisas acalmarem um pouco para entender o que estava acontecendo.




Percebemos assim que ai matar os membros do culto (Cult Believer), temporariamente, vórtices coloridos se formavam sob o cadáver deles. Ao passar pelos vórtices as almas eram coletadas, sendo que:
  • Vórtices verdes → Decaying
  • Vórtices azuis → Withering

Bem, sabíamos o que coletar faltava a quantidade e o motivo. Então, fomos explorar o local e coletar tantas quantas pudéssemos.

A quele local era constituído por várias salas retangulares conectadas por corredores. Não demorou para encontrarmos uma barreira de energia que impediu nossa progressão. Estava ai o motivo de coletar as almas, passar pela barreira.



Mais um pouco de almas e descobrimos quantas seriam necessárias para passar a barreira de energia. Notamos também que não adiantava coletar mais almas, o número era limitado a quantidade necessária para passar pela barreira.




Descobrimos, assim, que aquele local era constituído por três andares cujo mapa seguia o mesmo padrão, salas quadrangulares ligadas por corredores e em cada andar encontramos as seguintes criaturas:

1º pavimento
  • Cult Believer
  • Renegade Knight
  • Vicious Squire
  • Vile Grandmaster
2º pavimento
  • Cult Believer
  • Cult Enforcer
  • Renegade Knight
  • Vicious Squire
  • Vile Grandmaster
3º pavimento
  • Cult Believer
  • Cult Enforcer
  • Cult Scholar

As novas criaturas tinham o mesmo padrão de comportamento, ataque principal de perto e não atribuíam ao adversário nenhum efeito nocivo.

Da mesma forma que no primeiro andar, em um determinado ponto dos segundo andar, encontramos outra barreira de energia. Sem explicação, ou restrição alguma, passamos por esta barreira. Será que as mesmas almas necessárias para passar para o segundo andar ainda valiam ou seria um bug?



Ainda não conseguimos respostas para isso. Enfim, uma vez no terceiro andar, encontramos outro teleport de energia maligna e passando por ele acesso ao boss Essence of Malice.



 

The Orcs / The Orc Idol 

Saímos de Carlin com a sensação de "wtf". Ok acessamos o boss, mas não fazia sentido... Ainda pensando a respeito, chegamos a Edron. Próximo destino: a península orc!


Se havia algum lugar antigo em Edron onde orcs estava se organizando, só podia ser lá. Apesar dos pesares, com uma coisa tínhamos que concordar, era legal relembrar locais que há anos não íamos, recordar mortes, temores e casos engraçados da épica newbie.


Por falar em newbie, um problema a vista, nenhuma placa ou indicação de que a entrada era para uma área com um nível de dificuldade maior no segundo subsolo da caverna orc.  Assim que descemos, imediatamente fomos cercadas por vários tipos de orcs.





Era uma caverna escavada na terra em forma circular em um determinado ponto fomos detidas por uma barreira invisível, não era possessível avançar, seria necessária a força de um orc para passá-la e foi quando o Quest Log carregou.




Então era isso, falsos deuses haviam deixado os Orcs mais poderosos e eles precisavam ser detidos! Bem, mas agora tinhamos um problema mais imediato, descobrir o que seria ter a força de um orc para passar a barreira invisível.

Enquanto pensávamos, percorríamos a caverna que estava repleta pelos seguintes novos tipos de Orcs:
  • Orc Cult Fanatic
  • Orc Cult Inquisitor
  • Orc Cult Minion
  • Orc Cult Priest

Todos tinham como principal característica o combate de perto, embora ocasionalmente, atacavam de longe ao perseguirem o adversário. Os Orcs Cult Minion, costumam fugir com a vida baixa. E, os Cult Priest transformavam os adversários em:

  • Larva
  • Orc
  • Orc Shaman
  • Orc Warlord

Foi esta observação que nos permitiu matar a charada! Assim, teríamos que espera o momento certo e passar pela barreira.

 
 


Nos outros andares a dinâmica foi a mesma. Sendo que do segundo e o terceiro encontramos:

  • Orc Cultist
  • Orc Cult Fanatic
  • Orc Cult Inquisitor
  • Orc Cult Priest
  • Orclops Doomhauler
 
 
 



Assim, seguimos até chegar ao boss Voidborn.

 

# Dica: gravamos tanto a quest de acesso inteira quanto uma das batalhas contra o boss e disponibilizamos em nosso canal no YouTube (aqui)



Boss Tests


Ao longo da manhã também ocorreram diversos testes de bosses com Knightmare, dessa vez conseguimos ir no boss final!



Assim, terminamos mais um dia de testes! Que venham mais experiências ingame e descobertas interessantes para apresentar a vocês!

Contudo, como o conteúdo está em fase de testes, a equipe do Tibia Guias lembra a todos que alterações podem ocorrer!

Aproveitamos a oportunidade para, em nome de toda equipe do TibiaGuias, agradecer pelo auxílio e pela companhia de Iorek Birnningson e Beatrix Kiddo, que foram fundamentais para desbravar o novo conteúdo conosco nestes dias!

Continuem conosco e acompanhando nossa cobertura aqui no site, em nossa página especial para o SU2017, bem como no nosso facebook e canal no youtube!




Perdeu alguma coisa?

Resumos:
06/07/17 - Primeiros dias
07/07/17 - 3º e 4º dias
09/07/17 - 5º e 6º dias
10/07/17 - 7º dia

11/07/17 - 8º e 9º dias  
13/07/17 - 10º dia   
15/07/17 - 11º e 12º dias

17/07/17- Últimos dias

Imagens e vídeos na página do Summer Update 2017 (aqui

Teasers:

Nenhum comentário:

Postar um comentário