3 de agosto de 2017

O Destino de Krisna. Temporada IV. n 009

O conteúdo a seguir, embora de inédito, foi jogado durante o ano de 2016. E, as decisões e aventuras da personagem, foram previamente definidas por votações ocorridas no TibiaFórum.

Aproveite a leitura!
 

Desci pelo buraco recém escavado. Estava em uma caverna úmida, não parecia  escavada, era como se fosse uma gruta, esculpida naturalmente pela água do mar procurando caminho entre as rochas.




O cheiro de peixe e maresia comprovava minha suspeita,  criaturas marinhas habitavam aquele local, encontrei crustáceos de todos os tamanhos. Era fácil combatê-los com as lanças, mesmo com a luz esmeralda da estrela, contudo, para apreciar melhor o ambiente, preferi utilizar a magia que aprendi para iluminar o ambiente.



Os caranguejos não ofereciam resistência, era fácil acabar com eles e, fora o cheiro da maresia, o passeio estava sendo agradável, resolvi ir mais fundo e acabei encontrando outro tipo de criatura, mas também já a conhecia de Liberty Bay.



Bem, aquela não eram as férias que esperava, aproveitando que a magia que usei para iluminar o lugar estava terminando, decidi procurar a saída e quem sabe, finalmente ter minhas merecidas férias.



Enquanto caminhava , a magia ia enfraquecendo e o local ficando cada vez mais escuro, procurava um ponto para ancorar minha corda e sair daqui quando um forte golpe cortante foi deferido contra mim.



Estava sob ataque, não conseguia identificar direito o que era, estava confusa, a luz esverdeada da estrela não me permitia identificar meu agressor. Era alguma criatura que nunca tinha visto antes. Foi quando tive uma ideia, levá-la para um ponto da gruta onde a iluminação fosse melhor e assim conseguir ver o que era.



Estava certa, furtivos raios de luz penetravam pela abertura que dava acesso ao andar superior iluminando uma pequena área. Para minha sorte a criatura não desistira de me perseguir, assim consegui conduzi-la para a área iluminada e WOW o que era aquilo!!!!

Estava diante de uma lagosta gigante! Não poderia acreditar no que estava diante dos meus olhos, conjurei a magia para iluminar o local para ver melhor.




Lagostas não pareciam ser agressivas, mas também não cresciam tanto, acredito que estava brava por ter invadido seu território. E, não estava só havia quara e caranguejo com ela. Arremessei algumas lanças contra ela, não surtiram muito efeito, a carapaça calcária parecia impenetrável.




As criaturas próximas não permitiam que me concentrasse na lagosta. Precisava acabar com elas antes. E, andar pela região deixou a lagosta mais furiosa ainda, irada ela usava seus poderes em todas as direções, sua telecinesia agitava a água próxima a nós.

Livrando-me das criaturas menores, até consegui acertar a lagosta algumas vezes, mas, de forma mágica, ela conseguia se curar em uma velocidade espantosa.



Toda aquela movimentação, atraia mais criaturas, estava ficando perigoso, estavam me ferindo e deveria ter cuidado não queria ir dali para Svargrond e mais uma vez ter que pedir bênçãos pelo mundo.



Ficou claro que não conseguiria acabar com ela apenas com as lanças, era hora de invocar os poderes divinos, coloquei as lanças no chão e me preparei, queria estar focada, errar ali poderia significar meu fim. Agradeci a Chyll pelas cavernas anteriores, pude treinar a invocação dos poderes e estava mais segura.




Deu certo, com alguns disparos consegui não só derrotar  a lagosta como as outras criatura também. Estava próxima ao ponto de escalada, achei melhor sair antes que outra lagosta aparecesse.



Já estava escuro quando sai olhei para o horizonte e um vulto conhecido contornava a costa da ilha em uma jangada. Capitão Waverider!!!! Corri para o ponto de encontro.


Ajude a decidir o destino de Krisna e o rumo desta história!

Perdeu alguma coisa? Leia na integra todo material já publicado nos 3 anos anteriores organizados de uma forma bem didática e fácil de ler! (Arquivos aqui)

2 comentários:

  1. Olá Priyla Glady, tudo bem? Sou o Camarluk e fiquei de deixar mais detalhada a minah opinião a vários meses atrás sobre a sua história (fui aquele que se atrapalhou com as datas do concurso)

    Tinha lido a muito tempo os seus e-books (todos os 10 iniciais apenas, pra ser bem sincero) e tinha deixado em uma aba aqui que gostaria de comentar melhor sobre o seu trabalho posteriormente... Infelizmente andava sem tempo pra isso, mas nunca esqueci, haha.

    Seguinte: Achei interessantíssima a proposta e me agrada ver gente escrevendo sobre um jogo considerado "morto" por muitos, até porque notei uma evolução de qualidade entre o primeiro e-book e o décimo. Confesso que tá difícil de eu ler o restante até esse aí que você postou agora por falta de tempo, mas acredito que você tem feito um crescimento "real" da personagem na história, não só de level, mas de mentalidade também, bem como uma melhor qualidade de narrativa.

    Fora isso, confesso que assim como um outro usuário postou, meio que eu não gosto muito do fato de ela morrer excessivamente... Sei lá, me parece muito anti-climático, ainda mais quando são mortes extremamente frequentes e fácil de serem evitadas. Talvez seja sua opção ser fiel a lista de frags da char, mas é meio chato ver ela morrer pois foi num buraco aleatório, não tinha corda, ou resolveu explorar algum lugar completamente desconhecido sem muito cuidado... é meio irreal demais pensar que um aventureiro morreria assim torto a direita, mesmo em uma realidade tibiana (mas enfim, não quero causar polêmica, apenas uma leve observação). Quanto aos outros tipos de frag, achei legal você contextualizar até mesmo os provenientes de "pk" ou lag/kick... boa sacada!

    No geral, achei interessante a trama, mas senti que você meio que mudou o tom da história, ou pelo menos é o que eu senti quando eu li todos os 10 e cessei de ler o restante. O que parecia ser mais uma busca de volta dessa menina para o encontro do seu avô, acabou inclinando-se mais para aventuras no mundo tibiano, sem um objetivo fixo (nada contra, achei bem legal na verdade, mas achei curioso notar sobre. Acredito que muitos leitores que leram tiveram a mesma sensação).

    Espero não ter tomado muito tempo, nem vou me alongar mais do que já fui aqui (sou um psedo escritor amador, então acho importante respeitar a criação de outras pessoas, e não ficar apontando detalhismo excessivos, pois escrever é um ato muito pessoal na maioria das vezes), mas meus parabéns por continuar escrevendo e se aperfeiçoando! Acho positivo isso para a comunidade. Se eu pudesse voltar no tempo para quando eu tinha mais tempo livre, talvez eu me dedicasse mais para com a comunidade e menos com infinitas horas de up no jogo.... Tibia é legal, mas acredito que se envolver com as pessoas e com coisas mais substânciais para a comunidade é o mais interessante, me parece mais rico exercitar talentos como o roleplay, participação do lore (mesmo com a CIP não tendo enxergando o quanto o lore tradicional é interessante do Tibia... É legal ver o povo sugerindo ideias boas, uma pena que a grande maioria nunca é absorvida por parte dos desenvolvedores), participação na crição de fan art e etc.... Acho muito saudável esse tipo entreterimento de fazer um LT com roleplay ao mesmo tempo, curioso como temos opostos na comunidade tibiana, com tanto comportamento digno e leal, e outros comportamentos aí tão tóxicos e até mesmo criminoso para com a comunidade. Muitos MMORPGS foram maiores que o Tibia mas não conseguiram se garantir depois do auge tal como está o Tibia, em questão de apreciadores nostálgicos que ainda frequentam o jogo.

    Boa sorte com a sua história sobre Krisna! (e perdão, mas quando eu ter tempo eu leio esse capítulo e outros, :P )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Giovani
      Me lembro sim, e fico muito feliz com seu retorno e apontamentos!

      Também não gosto quando ela morre... muitas das vezes é inevitável pois tenho que viver o personagem e suas características e ir com ela em lugares que sei ela não vai aguentar... mas neh ela n sabe que é um jogo.

      Outras, infelizmente, minha net mesmo... tava tudo e quando assusto... templo... mas, deu uma melhorada kkkk

      Quanto a historia se perder, infelizmente, dependo das votações e as vezes é meio complicado encaixar o que as pessoas decidem com um sentido dentro do enredo. Mas vou procurar ter mais cuidado nisso!

      Mas uma vez, obrigada pelas criticas!

      Excluir