15 de maio de 2018

#SU2018 - Brisas mortais de perfume e peixe

Eu vi um anúncio interessante no jornal no outro dia. Jovens dançarinas lhe dariam um grande espetáculo em um antigo templo na selva de Tiquanda. Claro que eu fui lá imediatamente e as senhoras eram realmente bonitas para ficar admirando.

Eu ouvi histórias que por trás daqueles rostos bonitos e sua hospitalidade inicial, elas são demônios sanguinários, mas bem, você sabe... Vinho de graça, uma boa dança e outras substâncias intoxicantes...

Os asuri perceberam muito rapidamente que minha força estava superando a distância deles e me guiaram discretamente por uma porta no último andar.

Disseram-me que eu conheceria suas princesas, mas, para ser sincero, estava absolutamente convencido de que eles estavam com medo de que eu pudesse desencorajar os outros visitantes.

Cara, eu nunca estive tão errado em toda a minha vida. Atrás daquela porta, enfrentei o verdadeiro horror. Inúmeras espadas e punhais me atingiram de todas as direções. Eu não fazia ideia do que acontecia comigo e, antes de saber, acordei no templo.

Foi uma experiência muito dolorosa para mim e ainda hoje, duas semanas depois, minha armadura continua com o cheiro doce do perfume da midnight asuri. 

Eduardo, Elite Knight, Port Hope


...
Essa foi por pouco. Eu mal consegui sair vivo. Acontece que um mergulho pode ser bastante perigoso nos dias de hoje. Essas "coisas" que encontrei são implacáveis e homicidas. Se eu traduzi sua linguagem corretamente, eles se chamam de deathlings.

De acordo com o que vi naquele templo perdido em Tiquanda, eles estão se reunindo em grande número. Alguém tem que impedir que isso aconteça!

Há uma semelhança visual entre os deeplings e essas criaturas. De alguma forma, eles devem ser parentes, mas parece que eles estão lutando entre si.

Eu deveria relatar essas descobertas na Edron Academy, eles procuraram negócios suspeitos no passado.

Os deeplings já podem ser bastante irritantes, mas você pode mantê-los sob controle e se acostumar com o cheiro de peixe.

Se eles perderem essa luta e os deathlings tomarem conta do seu reino, só se pode imaginar o terror que eles vão espalhar sobre toda a ilha e, finalmente, sobre todo o Tibia! Espero que os deeplings estejam dispostos a formar pelo menos uma aliança temporária contra os deathlings. 

Elborin, Elder Druid, Stonehome


#Resumo e mais informações (alerta de spoil)

  • Dê uma olhada atrás da cortina e enfrente os asuri em sua verdadeira forma demoníaca;
  • No último andar do Asuri Palace, uma porta levará às salas ocultas dos demônios de quatro braços;
  • Colete itens na batalha contra as princesas asuri e complete um instrumento milagroso;
  • Cuidado com as lâminas afiadas dos guerreiros asura. Apenas os guerreiros mais fortes podem levar mais do que alguns golpes;
  • Deathlings cruéis, supostamente descendentes dos deeplings, apareceram na superfície e ameaçarão seus parentes;
  • Junte-se à guerra e ajude os deeplings a defender seu reino;
  • Sem sua ajuda e sua arma forte, eles não têm chance contra os deathlings. Impulsionados por um poder obscuro, sua força cresceu consideravelmente;
  • Reconstrua santuários destruídos e convença os afetos de suas boas intenções. Eles ficarão ao seu lado na luta contra os deathlings.
Em mais um mergulho no fórum encontramos mais algumas informações passadas pelo CM Burchan. São elas:

  • As Asuras que conhecemos (que já estão no jogo) são criaturas disfarçadas, como podemos notar pelo teaser também. Sua verdadeira face são estes novos monstros divulgados hoje (há pelo menos 3 diferentes). A força das asuras reais é comparável aos já divulgados Falcon Knights;
  • Os deathlings também estão no mesmo sentido de força das novas asuras;
  • Teremos bosses sem muita complicação no mecanismo. Burchan preferiu definir como um "mini bosses" (como o Kroazur, por exemplo), tanto dos Deathlings como dos Falcon Knights.

#Card e Screenshots extras














Fiquem ligados nos próximos teasers!
Se você perdeu algum, acesse a nossa página especial sobre o #SU2018.
_____

Nenhum comentário:

Postar um comentário